Prefeitura de Arujá
Material de descarte irregular é removido
21-08-2018
Por meio de parceria das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e de Serviços com a empresa Renova Resíduos, cerca de 70 tambores com rejeitos contaminados e descartados irregularmente em Arujá foram retirados da cidade nesta semana, após autorização da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

O material estava sob responsabilidade da Prefeitura, na Garagem Municipal, sob determinação da Cetesb, desde que o descarte ilegal foi constatado.

A operação não teve custos para a administração municipal. Antes da remoção, uma equipe técnica da empresa e do Meio Ambiente esteve no local e coletou amostras dos resíduos para emissão de laudo técnico de análises físico-químicas.

A autorização da Cetesb ocorreu por meio de um Certificado de Movimentação de Resíduos de Interesse Ambiental (Cadri) e a certificação da destinação final adequada dos tambores e dos resíduos será emitida pela empresa.
Veja também